Porque sua equipe comercial precisa do Funil de Vendas?
funil de vendas

Vamos exemplificar  aqui como funciona um funil de vendas e como ele pode ajudar a acelerar as vendas de sua equipe.

O funil de vendas é uma das partes mais essenciais para entender o Inbound Marketing.

Esse post é um guia para te explicar o que é um funil de vendas e como desenvolvê-lo em seu ambiente de trabalho.

Aqui você terá acesso às dicas de como produzir conteúdo para cada etapa no processo de vendas dentro das estratégias de marketing digital.

Atualmente, as pessoas estão mais exigentes e necessitam dos melhores serviços e e produtos possíveis, atendimento de qualidade e ter prestadoras de serviço que acompanham suas demandas.

Para isso, é fundamental conhecer técnicas de marketing e vendas e ter acesso às ferramentas que possam atrair mais pessoas e transformá-las em reais compradores.

Você deve estar pensando: “Eu acompanho diariamente os meus clientes. Tenho uma lista de nome de visitantes, com endereço e tudo mais, participo de redes sociais como Twitter, Facebook, etc. e sei o número mensal de visitantes da minha página eletrônica”.

Se você acha que assim vai conseguir aumentar seu volume de vendas, está muito enganado, infelizmente!

É necessário ir além, isto é, descobrir quais os motivos que levam os seus consumidores a optarem (ou não) pela sua empresa.

Somente assim você conseguirá prosperar dentro de um mercado tão competitivo e dinâmico.

Por isso é imprescindível saber mais sobre o funil de vendas.

Vamos lá?

O que é funil de vendas?

O funil de vendas (ou pipeline) é um processo que consiste em conduzir ou acompanhar o seu cliente a partir do momento em que ele toma conhecimento de uma solução vendida pela sua empresa até o fechamento do negócio.

É um modelo estratégico que mostra cada etapa seguida pelo consumidor até fechar a compra.

No funil é ilustrado cada parte da venda, desde o primeiro contato com a sua empresa à pesquisa feita pelo consumidor sobre o item e o mercado que o comercializa, até chegarmos na ação da própria compra.

Existem camadas no funil de vendas. Ele não é um processo homogêneo, mas ocorre por várias etapas.

O funil é dividido em 3 partes, que são:

Topo do funil

O topo é a parte mais larga do funil, conhecido também como a parte da consciência.

Aqui a pessoa não está ciente sobre uma determinada necessidade ou problema que ela tenha.

Em outras palavras, ela não busca nenhum produto ou serviço e desconhece qualquer demanda. Por isso, ela não é considerado um cliente real (ainda).

A ideia é tornar o visitante em um comprador real.

Logo o importante nessa fase é aumentar o tráfego para atrair futuros clientes, isto é, gerar mais leads.

Para isso, é importante fazer com que o visitante descubra uma necessidade e tenha interesse na sua empresa para avançar para o meio do funil.

Meio do funil

A segunda camada do funil é onde o futuro cliente já descobriu que tem alguma demanda ou problema e busca sua solução.

É o estágio em que ele tem a intenção de comprar um produto ou serviço, mas ainda está em dúvida se deve ou não contratá-lo.

Nesse momento, o futuro consumidor pesquisa mais profundamente sobre a solução que as empresas oferecem e decidem se vão adquirir ou não o item vendido.

Quando ele se decide ele avança para o fundo do funil.

Fundo do funil

Na última parte do funil é que a lead qualificada avalia seu produto ou serviço.

Ela faz comparações com outras empresas e escolhe qual a melhor alternativa.

Em seguida,  ela finaliza todo o processo, realizando a compra.

Ao entender as ideias do funil fica bem claro entender como ele é benéfico para sua organização.

Vantagens

As vantagens estão além de ter conhecimento sobre número de visitas numa página e volume de vendas. Os pontos positivos do funil de venda são muitos:

Melhor conhecimento sobre a sua equipe

O funil permite verificar como é o desempenho da sua equipe de trabalho.

Em cada etapa do método, é possível mensurar a produtividade dos vendedores, onde eles têm mais dificuldades e os resultados obtidos por cada um.

Em outras palavras, fica bem mais fácil saber se o setor de vendas conseguirá cumprir a meta, o tempo necessário para alcançá-la e identificar porque alguns membros conseguem vender mais que os outros.

Com as informações obtidas pelo funil você dá um ótimo feedback aos seus colaboradores e contribui para uma maior produtividade no ambiente de trabalho.

Maior produtividade

Quando os colaboradores sabem que o trabalho está sendo acompanhado e que os dados fundamentais são identificados, a tendência é que eles se empenhem mais para apresentar melhores resultados.

Desse modo, todo o seu time terá mais foco, alinhando seus esforços com os objetivos da empresa e otimizando sua gestão.

Otimização da gestão

O funil é trabalhado com o intuito de padronizar o ciclo de vendas, tornando a análise de cada estágio deste processo mais objetivo e ágil.

Com isso, a equipe de gerenciamento ganha mais foco e assertividade, provendo melhores chances para fechar um negócio.

Melhor aproveitamento das oportunidades de negócios

Com o funil de vendas você conhece o status de cada venda, isto é, as chances que cada negócio tem de ser efetivado.

Logo, fica mais fácil aplicar estratégias para aumentar a possibilidade de fechar o negócio.

Do mesmo modo, é possível identificar se há novas possibilidades de atuação, ou seja, identificar se os clientes potenciais ou reais  estão precisando de outras demandas.

Com isso, você terá respostas para otimizar seus produtos e ou serviços.

Respostas para o desenvolvimento de produtos

Ao longo do relacionamento com os clientes, você terá informações valiosas que apontam novos caminhos para aperfeiçoar os serviços ou produtos desenvolvidos por sua organização.

Por identificar essas demandas, sua empresa consegue prover aos seus clientes algo a mais, ou seja, consegue ir além das expectativas.

Assim, você tem maior fidelização de clientes e conseguirá atrair novos, aumentando seu volume de vendas.

Contudo, mesmo com tantos benefícios é preciso ter alguns cuidados quando o assunto é funil de vendas.

Cuidados sobre o conceito de funil de vendas

Ao ter conhecimento mais aprofundado sobre o funil de vendas você deve-se atentar com 2 tópicos a seguir:

Visitantes viram leads e clientes

Ao pensar no funil em sua forma geométrica, muitos acreditam que todos os visitantes da sua página eletrônica se tornarão clientes reais.

Infelizmente, isso não é totalmente correto. É comum as pessoas entrarem em seu site e ler os conteúdos por você produzidos sem deixar nenhum contato para retorno.

Por isso é tão importante acompanhar seu funil, mas fique atento, pois só ter acesso ao número de visitantes não te garante converter as pessoas que acessam o conteúdo da sua empresa em reais compradores.

O funil de vendas precisa de ações contínuas

Um erro grave quando o assunto é o funil é pensar que ele simplesmente é utilizado para saber a porcentagem de conversões de visitantes para compradores reais.

Cuidado! O funil de venda demanda ações de venda e marketing.

É preciso olhar com muita atenção as características positivas e negativas do seu produto e ouvir bem seus clientes para poder gerar as melhorias necessárias para elevar seu volume de vendas e conhecer cada parte do pipeline.

Para ter sucesso com o funil de vendas é preciso desenvolver conteúdo adequado para cada etapa do processo de venda.